Traçando caminhos para a colaboração: O papel crucial das parcerias na modernização penitenciária

Artigo

Simon Bonk

No dinâmico cenário penitenciário moderno, a busca por inovação e eficácia é um esforço multifacetado. Nesse campo, as parcerias surgem como canais vitais para o progresso, oferecendo caminhos para a colaboração, o compartilhamento de recursos e a solução coletiva de problemas. Do ponto de vista dos fornecedores que operam nesse domínio, cultivar relacionamentos estratégicos com várias partes interessadas torna-se não apenas vantajoso, mas imperativo.

A seguir, exploramos a interação das parcerias no sistema penitenciário, com foco nas conexões simbióticas entre fornecedores, jurisdições, fundações beneficentes e organizações acadêmicas e de pesquisa, elucidando seu papel fundamental na promoção de mudanças transformadoras.

Por que escolher um parceiro em vez de um provedor de serviços?

Há dez anos, quando me tornei Diretor de Tecnologias da Informação do Serviço Penitenciário do Canadá, um de meus colegas me deu o livro “The Real Business of IT”, de Richard Hunter e George Westerman. Minha maior conclusão foi que, se quiséssemos nos esforçar para nos distinguirmos na área de TI, precisaríamos deixar de ser um provedor de serviços para nos tornarmos parceiros nas operações penitenciárias. Qualquer um pode contratar um provedor de serviços, mas se você quiser se destacar em modernização, relacionamentos e parcerias é o que facilitará a criação de valor. Quero estender essa noção de parcerias para além da TI e levá-la paro ecossistema penitenciário. Se este quiser evoluir, precisará adotar mais plenamente uma ampla gama de parcerias. A Telio é um parceiro que está trabalhando para criar um modelo que engloba uma ampla gama de parcerias que capacita uma abordagem modernizada para reduzir com sucesso a reincidência e melhorar a reabilitação, tudo isso levando a ganhos sociais mais amplos.

Cultivando relacionamentos com jurisdições: Soluções sob medida para as necessidades locais
No centro de qualquer iniciativa penitenciária está sua ressonância com as necessidades e os desafios
exclusivos das comunidades que atende. As entidades do setor penitenciário que reconhecem o valor
intrínseco de alinhar seus esforços com as prioridades e as circunstâncias das jurisdições gerarão mais
valor para seu parceiro jurisdicional. O estabelecimento de parcerias sólidas com jurisdições implica um
profundo entendimento de seus contextos operacionais, estruturas regulatórias e dinâmicas sociais.
Ao estabelecer laços fortes com fornecedores e jurisdições, é possível cocriar soluções que não sejam
apenas tecnologicamente sofisticadas, mas também cultural e contextualmente relevantes. Essa
abordagem colaborativa garante que as intervenções sejam adaptadas para lidar com os desafios
específicos enfrentados por cada comunidade, seja no que se refere à reabilitação, à redução da
reincidência ou ao bem-estar do preso.

Como um relacionamento jurisdição/ fornecedor pode apoiar as mudanças no setor penitenciário?

Os exemplos práticos a seguir podem servir como ponto de partida:

Iniciativa da Telio nos Países Baixos: As discussões sobre o aproveitamento da tecnologia para modernizar as prisões levaram a projetos-piloto que abordam os desafios do Serviço de Instituições Judiciais da Diretoria Geral (DJI). Essa colaboração entre a Telio e o DJI aborda questões como a comunicação segura dos detentos com o mundo exterior, problemas de pessoal e melhoria das condições dos detentos por meio de uma proposta de valor que vai além do mero fornecimento de produtos ou serviços.

Expansão para o mundo em desenvolvimento: Especificamente, o continente africano está modernizando rapidamente seus serviços prisionais. A parceria da Telio com o Serviço Penitenciário da Namíbia exemplifica esse progresso, demonstrando uma abordagem socialmente responsável desde as fases piloto até a implementação extensiva. Essa colaboração visa a benefícios mútuos, incorporando o princípio frequentemente negligenciado de uma situação em que todos saem ganhando.

Alavancando as fundações filantrópicas: Amplificando o impacto por meio da filantropia

Na busca pela modernização penitenciária, o apoio de fundações beneficentes pode ser uma força
catalisadora para a mudança. Essas organizações, movidas por uma missão de promover o bem social,
geralmente possuem os recursos financeiros e a visão estratégica necessários para impulsionar a
transformação sistêmica. Para as jurisdições que buscam causar um impacto significativo, cultivar
parcerias com fundações beneficentes pode abrir caminhos para financiamento, defesa e apoio
programático. Um ótimo exemplo é o trabalho que a Connecting Hearts Foundation realizou no Natal
passado. Várias jurisdições fizeram parceria com a Connecting Hearts Foundation para tornar a vida dos
filhos dos presidiários um pouco mais humana na última temporada de festas. Juntos, eles garantiram
que o Papai Noel trouxesse um pouco mais de alegria, assegurando que a árvore de Natal tivesse alguns
presentes para essas crianças.

Ao alinhar seus objetivos com as prioridades filantrópicas dessas fundações, as jurisdições podem
acessar recursos que lhes permitam ampliar suas iniciativas e atingir populações carentes. Seja por meio de financiamento de subsídios, iniciativas de capacitação ou parcerias estratégicas, as fundações
filantrópicas oferecem às jurisdições uma valiosa tábua de salvação em sua busca para impulsionar a
inovação e o impacto na esfera correcional.

Além disso, as parcerias com fundações beneficentes trazem legitimidade e credibilidade aos
empreendimentos, sinalizando seu compromisso com a responsabilidade social e o engajamento ético.
Ao aproveitar o capital de reputação dessas fundações, as Jurisdições podem melhorar sua posição no
ecossistema penitenciário, promovendo a confiança e a colaboração com outras partes interessadas.

Que papel as parcerias com o setor acadêmico e de pesquisa podem desempenhar na evolução das práticas penitenciárias?

No campo penitenciário, as práticas baseadas em evidências servem como base para a construção de intervenções eficazes. As organizações acadêmicas e de pesquisa desempenham um papel fundamental:

• Fornecimento de percepções empíricas e avaliações de programas.
• Permitir que os fornecedores e as jurisdições incorporem pesquisas, garantindo que as soluções
sejam baseadas em evidências e orientadas por dados.
• Oferecendo acesso às pesquisas mais recentes para intervenções inovadoras e validadas,
aumentando o impacto e a eficácia.
Desde que nos juntamos à Telio, nosso objetivo é fortalecer essas parcerias para melhorar os serviços e
promover a liderança de pensamento no setor penitenciário. Além disso, essas colaborações:
• Apoiam a avaliação e o aprimoramento contínuos do programa.
• Promovem uma cultura de aprendizado e aprimoramento contínuos.
Por meio de projetos de pesquisa colaborativa, estudos-piloto e avaliações de programas, podemos
refinar as soluções de forma iterativa, incorporando o feedback de profissionais e especialistas
acadêmicos.

A colaboração entre fornecedores no cenário penitenciário pode cultivar um ecossistema de inovação?
No cenário competitivo da tecnologia penitenciária, a colaboração entre fornecedores pode parecer
contraintuitiva. Entretanto, a realidade é que nenhum fornecedor possui o monopólio da inovação ou
do conhecimento especializado. Ao promover parcerias e alianças com outros fornecedores, as organizações podem aproveitar os pontos fortes complementares, compartilhar práticas recomendadas
e enfrentar coletivamente os complexos desafios enfrentados pelo setor.
 

Por meio de alianças estratégicas ou consórcios, os fornecedores podem aproveitar a sabedoria coletiva
do ecossistema para impulsionar a inovação e acelerar o ritmo das mudanças nos sistemas
penitenciários.

A Telio reconheceu que, com a escassez de orçamento e de pessoal, a manutenção de um ambiente
saudável e seguro tanto para a equipe quanto para as pessoas encarceradas e o desejo de inovar na
vanguarda do pensamento jurisdicional, poderíamos contribuir mais. Uma parceria bem-sucedida com a
Oddity AI está fazendo a diferença ao levar a detecção de violência e a identificação de pessoas que
foram jogadas para o sistema penitenciário. As relações globais da Telio, aliadas à nossa compreensão
da vertical correcional, quando associadas ao know-how da Oddity, estão enfrentando os desafios
atuais.

Além disso, as parcerias entre fornecedores promovem a interoperabilidade e a padronização, facilitando a integração perfeita de sistemas e tecnologias diferentes. Essa interoperabilidade é essencial para garantir que os órgãos penitenciários possam aproveitar todo o espectro de soluções disponíveis sem ficarem presos a plataformas proprietárias ou ecossistemas específicos de fornecedores.

As parcerias estão no centro dos esforços para modernizar os sistemas penitenciários, oferecendo um caminho para a inovação, o impacto e a sustentabilidade. Ao cultivar relacionamentos estratégicos, as organizações podem navegar pelas complexidades do cenário do sistema penitenciário de forma mais eficaz, promovendo mudanças transformadoras que beneficiam as comunidades, os infratores e a
sociedade em geral. A Telio desafia nosso setor a adotar nossa filosofia de parcerias.

Simon Bonk é o ex-CIO do Serviço Penitenciário do Canadá (CSC). Função que ocupou por mais de 6 anos e da qual se aposentou após quase 30 anos no serviço público canadense. Ao se aposentar, ele entrou para a Telio como Diretor de Pesquisa e Diretor de Desenvolvimento de Novos Negócios. Aqui, ele cria e implementa abordagens estratégicas em novos mercados e constrói relacionamentos com jurisdições, pesquisadores e outras partes interessadas para promover a liderança de pensamento no espaço correcional. Atualmente, ele é o presidente corporativo da Corrections Technology Association e, anteriormente, atuou como secretário. Além disso, é presidente da rede de TI da International Corrections and Prison Association e membro do Comitê de Tecnologia da American Probation and Parole Association.

Publicidade

Curtir / Compatilhar

Alterar idioma

Explore mais

Cursos online: Corrections Learning Academy

Comunidade profissional: Corrections Direct

Recursos: Crime Solutions

Recursos Crime Reduction Toolkit

More stories
Combinando princípios salutogênicos e informados sobre trauma no projeto de instalações penitenciárias modernas