Radicalisation prevention r2pris

Programa de certificação de vários níveis de prevenção da radicalização nas prisões

Desenvolvido por meio de um processo interativo de cooperação transnacional concertada entre academia, pesquisa do setor privado, representantes do setor penitenciários e outros profissionais, o projeto R2PRIS aborda a radicalização e o extremismo nas prisões, reforçando as competências dos funcionários da linha de frente para identificar, relatar, interpretar sinais de radicalização e responder adequadamente.

 

Resultados

Promovido pelo Laboratório de Pesquisa e Transferência de Tecnologia sobre aplicação da lei, justiça e segurança pública, o BSAFE LAB, da Universidade Beira Interior, Portugal, em parceria com IPS_Innovative Prison Systems, Portugal, a Universidade Ocidental de Timisoara, Romênia, a Administração Nacional prisional, Romênia, a Direção Geral de Prisões e Casas de Detenção, Turquia, o Serviço Penitenciário Belga, o Serviço Penitenciário Norueguês,  a Organização Europeia de Serviços Prisionais e Correcionais, EuroPris e a Associação Internacional de Serviços Prisionais e de Correção, ICPA, este projeto resultou em vários produtos, como um quadro metodológico, uma ferramenta de triagem de radicalização, um currículo e um programa de formação, um curso de formação e-learning, e um curso de formação de formadores (programa de certificação).

 

O programa de certificação R2PRIS

A certificação R2PRIS é um programa de capacitação para profissionais que trabalham em diferentes níveis da administração penitenciária no uso das ferramentas de avaliação da radicalização. A certificação permite que esses profissionais não só identifiquem riscos e avaliem detentos que possam estar em risco de radicalização, mas também ensinem seus colegas a usar o Conjunto de Ferramentas de Prevenção à Radicalização do R2PRIS.

O “Conjunto de Ferramentas de Prevenção à Radicalização” consiste em três instrumentos de avaliação que visam apoiar um processo de autorreflexão e planejamento de ações e/ou coletar dados sobre os riscos que podem existir: (1) relacionados ao ambiente prisional; (2) entre os presos; (3) no nível individual.

Portanto, há um instrumento de avaliação para cada dimensão: a Visão do Helicóptero (HV), as Diretrizes de Observação Comportamental da Linha de Frente (FBOG) e a Triagem de Radicalização Individual (IRS).

A certificação consiste em um programa de formação b-Learning (online e em sala de aula), bem como acompanhamento técnico. Os participantes têm acesso ao quadro metodológico do R2PRIS, aos materiais de formação, às ferramentas de avaliação de risco de radicalização (incluindo manuais do usuário, formulários de resposta e folhas de relatórios de resultados), recursos on-line e um curso completo de formação online. A certificação é necessária devido a potenciais preocupações de segurança e ética.

 

Inscreva-se no programa de certificação
ips@prisonsystems.eu
Telefone +351 21 403 03 40

 

Mais informações: www.r2pris.org

Curtir / Compatilhar

Alterar idioma

Explore mais

Cursos online: Corrections Learning Academy

Comunidade profissional: Corrections Direct

Recursos: Crime Solutions

Recursos Crime Reduction Toolkit

More stories
Monitoramento eletrônico: Superando desafios operacionais e logísticos durante a pandemia