Unilink Email a prisoner

O poder da comunicação atrás das grades

O serviço E-mail a Prisioner  (EMAP) fez uma enorme diferença para nossos presos e na manutenção de seus laços familiares. Os detentos que não recebem correspondência facilmente, por exemplo, aqueles com famílias ocupadas ou com famílias no exterior agora podem se comunicar muito mais livremente, eles notam uma enorme diferença, e são muito gratos ao serviço.  (HMP Drake Hall)

De acordo com as estatísticas recentes, os britânicos fazem, em média, 132 milhões de ligações telefônicas por dia. Além disso, mais de 1 bilhão de mensagens de texto são enviadas toda semana. Aproximadamente 49,7% da população mundial está conectada à internet, na Europa são 636,971 pessoas. Como resultado, 281,1 bilhões de e-mails serão enviados e recebidos por dia até o final de 2018 em todo o mundo.

Todos concordamos que o uso da tecnologia para a comunicação é importante e nos mantém em contato  com nossos amigos, familiares e clientes. Isso, no entanto, não se aplica aos presídios, onde a comunicação é muitas vezes limitada a um telefone por ala e ao correio normal.

Há evidências científicas de que a manutenção de laços familiares dentro da prisão reduz a probabilidade de reincidência dos detentos após a libertação e aumenta suas chances de ressocialização. Infelizmente, cerca de metade dos presos perdem contato com a família enquanto estão encarcerados. Isso gera enormes custos para a sociedade: no Reino Unido, 46% dos adultos voltam a ser condenados dentro de um ano após a libertação. Cada preso que reincide acrescenta  um custo total de  £ 10 bilhões de libras por ano, de acordo com o Escritório Nacional de Auditoria do Reino Unido.

Fundada por um egresso do sistema prisional, Derek Jones, o Email a Prisoner (EMAP) permite que a comunicação seja mantida entre os encarcerados e o mundo exterior. Esta ferramenta tornou-se fundamental para auxiliar nos processos de ressocialização e para manter os laços familiares através do contato regular. Mais de 300.000 amigos e famílias estão usando o Email a Prisoner atualmente.

Além de ajudar a manter os laços familiares, o EMAP é amplamente utilizada por organizações conectadas e preocupadas com o bem-estar de um preso. Isso também é demonstrado por profissionais jurídicos, pelo Serviço Nacional de Saúde (NHS) e pelo Serviço Nacional de Liberdade Condicional (NPS), que utilizam esse serviço no Reino Unido. Estamos procurando expandir para outros países seguindo o sucesso nos Países Baixos e na Austrália.

A Unilink trabalha no ambiente de custódia há mais de uma década. Sabemos que as prisões devem ser não apenas locais de restrição, mas principalmente de ressocialização.

O que dizem os usuários?

O serviço tem sido uma verdadeira salvação para nós. Posso manter meu parceiro atualizado com a vida doméstica e ele realmente espera sua mensagem diária.  (Anônimo)

Escrever um e-mail rápido antes de dormir todas as noites realmente me ajuda a  sentir que estou mais próximo do meu parceiro em um momento tão solitário.  (Anônimo)

É ótimo poder enviar mensagens ao longo do dia do meu telefone, ajuda a manter minha namorada em contato com o que está acontecendo no mundo exterior. Obrigado EMAP!  (Anônimo)

Outra grande ideia, é uma maneira fantástica e adorável para meus filhos manterem contato com seu pai. Poupa-lhes  toda a antecipação desnecessária de esperar pelo carteiro com sua próxima carta. (KH, Manchester)

É por isso que desenvolvemos um pacote inteiro de serviços “Através do portal” (Through the Gate): E-mail a Prisoner (EMAP), serviços de pagamento seguro (SPayS), neatPhone e visitas de vídeo estão proporcionando contato vital com o mundo exterior para os presos. O serviço básico da EMAP tem sido implementado em todas as unidades prisionais do Reino Unido nos últimos nove anos, enviando mais de um milhão de mensagens a cada ano.

Os principais benefícios derivados para as penitenciárias são: o aumento da segurança; a redução do contrabando; a redução do manuseio de papel e entrega manual; o manuseio automático e a digitalização de correspondência eletrônica e todas as mensagens são escaneadas em busca de palavras e frases suspeitas.

Do ponto de vista dos remetentes, os benefícios são: comunicação bidirecional rápida por menos do que o custo de um selo; melhor comunicação para todos: amigos e familiares, mentores, liberdade condicional, advogados, polícia etc. E provavelmente o mais importante de tudo – melhores oportunidades de ressocialização.

//

UNILINK. Ajudar as prisões funcionarem. Para os presos. Para os funcionários. Para a Sociedade.

A Unilink é líder em autoatendimento , comunicações e gerenciamento de prisioneiros. Uma pesquisa independente da Universidade de York mostra que o software contribuiu para a ressocialização e o funcionamento mais eficiente das prisões. Em 2016, a Unilink ganhou o Queen’s Award for Enterprise in Innovation (Prêmio da Coroa a empresas em inovação) e, em 2015, foi premiada como “Melhor Aplicativo cidadão” e vencedora geral do Líder Digital do Reino Unido. Um detento descreveu o produto como “indo do Pony Express (serviço de correios dos Estatos Unidos) de 1860 para o smartphone de hoje, tudo em um salto gigante”.

 

Publicidade

Unilink

Curtir / Compatilhar

Alterar idioma

Explore mais

Cursos online: Corrections Learning Academy

Comunidade profissional: Corrections Direct

Recursos: Crime Solutions

Recursos Crime Reduction Toolkit

More stories
Jeremy Lightfoot
Esforços de mudança sistêmica nos serviços penitenciários da Nova Zelândia já estão dando frutos