Unilink article JUSTICE TRENDS

Transformação digital no setor da liberdade condicional

No dia 16 de maio de 2019, o Ministério da Justiça anunciou o fim do programa Transformação da Ressocialização, um processo pelo qual a gestão de todos os infratores foi colocada sob a responsabilidade do Serviço Nacional de Liberdade Condicional (NPS).

O Secretário de Justiça David Gauke definiu seu projeto para o futuro da liberdade condicional – levar toda a gestão de infratores para o Serviço Nacional de Liberdade Condicional e basear-se no trabalho existente para reduzir a reincidência.

 

 

Essas reformas são projetadas para aproveitar os elementos bem-sucedidos do sistema existente, o Transformação da Ressocialização, que levou a 40.000 infratores adicionais – cerca de 50% a mais – a serem supervisionados a cada ano, juntamente com a introdução de novas ideias e novos serviços inovadores de ressocialização de prestadores privados e voluntários.

As reformas melhorarão o trabalho do Serviço Nacional de Liberdade Condicional, ao mesmo tempo em que maximizarão as habilidades dos setores privado e voluntário, e fornecerão até 280 milhões de libras por ano para intervenções em liberdade condicional.

Sob o novo modelo, cada região do NPS terá um “Parceiro de Inovação” dedicado, privado ou voluntário – responsável pela prestação direta de trabalho não remunerado e programas credenciados.

Isso apoiará o NPS a identificar, incentivar e proporcionar maior inovação para serviços essenciais, incluindo programas de uso indevido de substâncias, cursos de formação, retorno à comunidade e apoio à moradia. O novo modelo também dará aos parceiros locais de justiça criminal um papel direto na implementação dos serviços em conjunto com o NPS.

O Secretário de Justiça David Gauke disse:

“Oferecer um sistema de liberdade condicional mais forte, que inspira a confiança dos tribunais e protege melhor a sociedade, é um pilar de nossas reformas para focar na ressocialização e diminuição da reincidência. Quero um sistema de justiça mais inteligente, que reduza a repetição da criminalidade, proporcionando alternativas robustas à comunidade para penas de prisão curtas ineficazes – apoiando os infratores a se afastarem do crime para sempre. O modelo que estamos anunciando aproveitará as habilidades dos provedores privados e voluntários e se baseará na expertise do NPS para impulsionar a reabilitação, melhorar os padrões e, finalmente, aumentar a segurança pública.”

 

As reformas propostas transformarão o uso da tecnologia em liberdade condicional, investindo em uma estratégia digital e de dados que substituirá os sistemas existentes e utilizará melhor tecnologia, dados e informações para fundamentar o julgamento profissional.

Na Unilink, apoiamos plenamente essa iniciativa e com mais de 20 anos de experiência no setor de justiça, somos líderes mundiais em aplicações de software de liberdade condicional e penas alternativas na comunidade, bem como autoatendimento de presos, gerenciamento de infratores e comunicações de presos. Nosso conjunto integrado de produtos significa que estamos em uma posição única para ajudar na transformação digital que é iminente para o setor de liberdade condicional.

 

Nota: Este é um artigo original do autor Russell Webster

O Grupo Unilink é composto por quatro empresas que atuam no Setor de Justiça Criminal: Unilink Software, fornecendo software de gestão de custódia biométrico habilitado e autoatendimento de presos; BCL, fornecendo aplicativos de software de gerenciamento de casos de infratores para testes de liberdade condicional e penas alternativas; Unilink Technology Services, fornecendo Serviços de Comunicação que conectam o “mundo exterior” com infratores encarcerados; Acante, especializada em design e fabricação de dispositivos de autoatendimento para uso em penitenciárias. A Unilink possui filiais na Austrália, Holanda e América do Norte. 

 

Publicidade
Unilink JT5 back cover

 

 

Curtir / Compatilhar

Alterar idioma

Explore mais

Cursos online: Corrections Learning Academy

Comunidade profissional: Corrections Direct

Recursos: Crime Solutions

Recursos Crime Reduction Toolkit

More stories
Promovendo Sistemas Penitenciários Centrados no Ser Humano: Um apelo à compaixão em nosso setor