Fortalecimento de uma abordagem baseada em evidências para projetar e avaliar a prevenção e a atenuação da radicalização

Artigo

Marzena Kordaczuk-Wąs

Como o título sugere, o projeto europeu INDEED, financiado pelo HORIZON 2020, tem como objetivo fortalecer uma abordagem abrangente para prevenir e combater a radicalização com base em um modelo de avaliação universal e baseado em evidência.

O consórcio de 19 parceiros de 15 Estados-Membros utiliza uma abordagem baseada em evidências para fortalecer o conhecimento, a capacidade e as habilidades dos profissionais da linha de frente e dos tomadores de decisão na concepção, no planejamento, na implementação e na avaliação eficazes de iniciativas de prevenção no campo da prevenção e do combate à radicalização que leva ao extremismo violento (P/CVE) e à desradicalização. Entre essas iniciativas, o INDEED destaca quatro categorias principais, como políticas e estratégias, programas de longo prazo, ações de curto prazo e intervenções ad hoc.

Os resultados do projeto serão incluídos em um kit de ferramentas abrangente e prático. Esse pacote de conhecimento multilíngue apoiará profissionais e tomadores de decisão que trabalham na área de P/CVE e desradicalização, incluindo representantes do sistema judiciário e dos setores de prisão e liberdade condicional. O Toolkit ajudará esses profissionais a projetar e avaliar iniciativas usando princípios, ferramentas, formação e materiais educacionais baseados em evidências.

Uma parte importante do Kit de Ferramentas é o Modelo de Avaliação Baseada em Evidências, que conceitua as principais etapas que cada um desses estágios de avaliação deve abranger quando conduzido de acordo com os princípios-chave da avaliação baseada em evidências.

No centro do Kit de Ferramentas está a própria Ferramenta de Avaliação Baseada em Evidências, que orientará os profissionais e os tomadores de decisão por meio dos componentes e das etapas do processo de concepção e implementação da avaliação. Além disso, ela também os guiará pelo processo de concepção de uma iniciativa, enfatizando a necessidade de pensar na avaliação como um elemento integral de suas premissas.

Além disso, o Toolkit inclui o Repositório de pesquisa digital INDEED de estudos sobre fatores de risco e proteção, criado com base em uma revisão de pesquisas científicas sobre fatores que podem facilitar (fatores de risco) ou prevenir (fatores de proteção) os processos de radicalização. Ele facilita o mapeamento de pesquisas empíricas e apoia o processo de criação, planejamento, implementação e avaliação de iniciativas de prevenção. O Toolkit é reforçado por um pacote abrangente de formação on-line e presencial, que apoia o uso eficaz das ferramentas.

O projeto INDEED estabeleceu uma rede de SMART HUBS (Equipes multissetoriais de combate à radicalização das partes interessadas) em todos os 15 países representados no consórcio. Esses centros reúnem atores locais ativamente envolvidos na concepção, planejamento, implementação e avaliação de iniciativas de PVE/CVE e de desradicalização.  
 
A rede SMART Hubs permitiu que as partes interessadas do INDEED se engajassem de forma proativa desde os estágios iniciais do projeto, garantindo que os resultados fossem desenhados conjuntamente com uma abordagem centrada no usuário, tornando-os diretamente utilizáveis e acionáveis para uma ampla variedade de grupos e organizações.

O consórcio está envolvido em várias atividades contínuas, uma das quais está focada na seleção de iniciativas implementadas anteriormente ou em andamento na área de P/CV e desradicalização. Usando as ferramentas desenvolvidas como parte do projeto, o consórcio apoiará os autores e/ou usuários das iniciativas selecionadas na criação de novas iniciativas ou na complementação das avaliações baseadas em evidências existentes com os componentes-chave que faltam.

Com relação às atividades futuras do projeto, gostaríamos de destacar o Fórum Internacional INDEED em 15 e 16 de novembro de 2023, que tem como objetivo desenvolver o campo da avaliação baseada em evidências e da política e prática baseadas em evidências. O fórum reunirá os principais especialistas internacionais, profissionais, organizações de aplicação da lei e da sociedade civil, representantes de governos, da Comissão Europeia, das Nações Unidas, de universidades, institutos de pesquisa e think & tanks, bem como doadores, para facilitar discussões multilaterais, intercâmbios, aprendizado com as melhores práticas nessa área e identificação de recomendações práticas para melhorar a aplicação da referida avaliação.

O fórum terá um formato inovador de “cúpula on-line” e contará com contribuições de especialistas e workshops altamente informativos e participativos, comunidades de prática e fóruns de políticas.
 
No site do INDEED, agências, instituições e órgãos governamentais podem encontrar mais informações sobre como se tornar um parceiro desse Fórum Internacional sobre o Avanço da Prática e Avaliação Baseada em Evidências em PVE/CVE/Desradicalização e Prevenção ao Crime.  

Participando do projeto INDEED, os profissionais podem influenciar ativamente e colher os benefícios da iniciativa, participando de um ambiente colaborativo para a co-design e co-criação de metodologias de avaliação, avançando o conhecimento existente, por meio de interação e comunicação contínuas em vários níveis.

Marzena Kordaczuk-Wąs, PhD, é uma consultora experiente no setor de aplicação da lei e coordenadora do projeto INDEED. É especialista em prevenção de radicalização na Plataforma Polonesa de Segurança Interna e copresidente do Grupo de Polícia e Aplicação da Lei da Radicalization Awareness Network (RAN, em livre tradução: Rede de Conscientização sobre Radicalização). Com doutorado em Ciências Sociais com foco em Sociologia da Segurança pela Universidade de Wroclaw, é especialista em Gerenciamento de Projetos Internacionais, Estado de Direito, Governo, Pesquisa Quantitativa e Policiamento Comunitário.

Publicidade

Curtir / Compatilhar

Alterar idioma

Explore mais

Cursos online: Corrections Learning Academy

Comunidade profissional: Corrections Direct

Recursos: Crime Solutions

Recursos Crime Reduction Toolkit

More stories
Integração do Pensamento Digital nas instituições penitenciárias